1875
Morre o fotógrafo Gaspar Antonio da Silva Guimarães. Militão de Azevedo, que até então era sócio-gerente do estúdio Gaspar e Carmeiro, se torna seu proprietário.

A Photographia Acadêmica muda de nome para Photographia Americana.
1884
Sede da chácara de Miguel Carlos, construída em 1784, depois Palácio Episcopal e mais tarde casa do 1º Barão de Piracicaba. Pouco anos antes de ser demolida, em 1890, essa casa chegou a sediar o Colégio Moretzsohn. Anúncio do Colégio Moretzsohn. Almanach da Provincia de S. Paulo feito em 1884. Acervo da Biblioteca do Instituto de Estudos Brasileiros da USP.
1887
A rua Barão de Itapetininga vista do Grande Hotel, na rua de São Bento. Vemos o "Morro do Chá", sem o viaduto e sem o Teatro Municipal. O chalé que se vê ao centro foi uma das primeiras residências da capital com energia elétrica, em 1881. A residência ficava no local onde depois se ergueu o Teatro São José e onde hoje está o Shopping Light. Em primeiro plano, vê-se a rua Formosa.
A legenda mostra avenida, mas na época era a Ladeira de São João, em 1887.
1890
O alfaiate Emílio Mencarini troca a Itália pelo Brasil, e decide, também, mudar de profissão. Em 1890, abriu o Café do Jardim na avenida Tiradentes, em frente ao parque da Luz. A empresa, rebatizada de Café Jardim, mudou três vezes de endereço. Funcionou na avenida do Estado, na rua Lavapés e, desde 1972, está na Vila Maria.
Antiga Estação da Luz, no Jardim da Luz, entre 1867 e 1890. A estação deu lugar à atual Estação da Luz em 1900.

Últimas Atualizações