Washington Luiz
Washington Luís Pereira de Sousa nasceu em Macaé, Rio de Janeiro, em 26 de outubro de 1869 e morreu em São Paulo, em 4 de agosto de 1957.
Se formou na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, em 1891. Feito bacharel em Direito, regressou ao Rio de Janeiro, onde foi omeado promotor público, em Barra Mansa. Decorrido cerca de um ano, aceita o convite de Joaquim Celidônio Gomes dos Reis, e com ele passa a advogar em Batatais.
Nessa cidade, instigado por Celidônio, milita na política local. Elege-se vereador, sendo logo eleito presidente da Câmara.
Do campo político, lançou-se ao jornalismo, fundando e redigindo A Lei, na companhia de Celidônio e Altino Arantes.
No ano de 1900, Washington Luiz casa-se com Da. Sofia de Oliveira Barros, filha do segundo Barão de Piracicaba. Em 1901, transfere-se, com a esposa, para a Capital, onde procura exercer a advocacia, em companhia de seu concunhado Álvaro de Sousa Queirós.
Nos anos de 1902 e 1903, Washington Luiz realiza um trabalho de pesquisa sobre os primórdios da história das cidades de São Vicente e São Paulo, no Arquivo Público de São Paulo e nas Atas da Câmara. Divulgou pela colunas do Correio Paulistano, o resultado parcial daquelas suas pesquisas. Em 1918, sob a denominação de A Capitania de São Paulo, a obra foi editada pela Casa Garroux, de São Paulo. Vinte anos depois, a 2ª edição surgiu integrando a Coleção Brasiliana, da qual é o volume 111. Houve, ainda, tentativa frustrada de uma 3ª edição, a cargo da Livraria Civilização Brasileira, de São Paulo, em 1955.

Últimas Atualizações